quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Marx é inquestionável?!

 
 
Fascinante
Pessoal, sinceramente... Creio q essa discussão não leva a muita coisa, ou melhor; apesar de ser fundamentada em infinitas vertentes filosoficas, historicas e sociologicas sólidas, dizem apenas mais do mesmo e não discutem a fundo. São apenas criticas de sofá. É oq me parece e digo o pq.

Primeiramente, se é q isso realmente tem importancia, não sou marxista nem marxológo, não sou Weberiano, não sou positivista (comtiano ou durkheimiano), não sou estruturalista, sou estudante de Ciências Sociais. Como tal, busco o entendimento das inumeras teorias desenvolvidas no "universo" sociologico, filosofico, antrropologico, linguistico... Enfim, não sou "partidario".

Bom, podemos começar com nosso amigo q iniciou o tópico e é "dono" da comunidade. Vc me parece ter um interesse agudo por sociologia, pois suas referencias bibliograficas "denunciam" isso. No entando vc fala pouco sobre muitas coisas e foge de respostas, como a do "Gcantarino". Tal postura é apreciavel, pois a tatica é comum para os q leram Nietzsche e/ou Schopenhauer, Aristoteles, Alguns Sofistas. (Dialética Erística, Retórica, Maieutica, Sofismo...) O Grande Schopenhauer tem um livro q se enquadra bem com seu discurso. Eis o título: "Como vencer um debate sem precisar ter razão". A tatica é quase infalivel e comumente desenvolvida nos debates veiculados pela TV Globo, SBT, RECORD... PS: Vc tem direito a uma réplica. No Entando, Não pesquise minhas comunidades e meu perfil para sondar minha perspectiva de vida... Seja direto, objetivo e não fale pouco de muitas coisas. Sim, tb pode tentar encontrar fragilidades em meus dizeres pra evitar o debate
Vinicius Gomes de Oliveira - 09/02/2010
Continuando...
Bom...
Quando vc fala em ditadura do proletariado vc não cita a concepção sociologica sobre o termo e/ou conceito ditadura. Sendo assim, preciso dizer. Ditadura é simplesmente um momento de transição.

Sairiamos da atual ditadura da burguesia, pois nossa cidadania resumi-se ao nosso poder de consumo (perca o seu e ai eu qro ver), tornando assim o ESTADO CAPITALISTA de DIREITO DEMOCRATICO em Mais um TIRANO DESUMANO, para então passarmos para a ditadura do Estado Socialista, analoga a do Estado Capitalista experienciada entre a decada de 60 a 80 do século xx, DP, evidentemente, Ditadura do proletáriado.

Pois bem. Podemos encerrar Marx por enquanto.
alessandro moreira - 10/02/2010
Vinicius
;

Argumentos são respondidos com argumentos.

E não com indicações de leituras, ou taxando os outros de sofistas e 'rasos', ou ainda com explicações inúteis sobre o seu 'partidarismo'.


A comunidade possui dezenas de tópicos temáticos, com argumentação própria, e você ainda não refutou nenhum deles.


Portanto, antes de querer MUDAR a comunidade ao seu gosto, você deve PROVAR que as críticas e argumentos aqui desenvolvidos são improdutivos e irreais.
a a - 10/02/2010
.

Vinicius



"Fascinante
Pessoal, sinceramente... Creio q essa discussão não leva a muita coisa, ou melhor; apesar de ser fundamentada em infinitas vertentes filosoficas, historicas e sociologicas sólidas, dizem apenas mais do mesmo e não discutem a fundo. São apenas criticas de sofá. É oq me parece e digo o pq.

Primeiramente, se é q isso realmente tem importancia, não sou marxista nem marxológo, não sou Weberiano, não sou positivista (comtiano ou durkheimiano), não sou estruturalista, sou estudante de Ciências Sociais. Como tal, busco o entendimento das inumeras teorias desenvolvidas no "universo" sociologico, filosofico, antrropologico, linguistico... Enfim, não sou "partidario".

Bom, podemos começar com nosso amigo q iniciou o tópico e é "dono" da comunidade. Vc me parece ter um interesse agudo por sociologia, pois suas referencias bibliograficas "denunciam" isso. No entando vc fala pouco sobre muitas coisas e foge de respostas, como a do "Gcantarino". Tal postura é apreciavel, pois a tatica é comum para os q leram Nietzsche e/ou Schopenhauer, Aristoteles, Alguns Sofistas. (Dialética Erística, Retórica, Maieutica, Sofismo...) O Grande Schopenhauer tem um livro q se enquadra bem com seu discurso. Eis o título: "Como vencer um debate sem precisar ter razão". A tatica é quase infalivel e comumente desenvolvida nos debates veiculados pela TV Globo, SBT, RECORD... PS: Vc tem direito a uma réplica. No Entando, Não pesquise minhas comunidades e meu perfil para sondar minha perspectiva de vida...
Seja direto, objetivo e não fale pouco de muitas coisas.
Sim, tb pode tentar encontrar fragilidades em meus dizeres pra evitar o debate

Continuando...
Bom...
Quando vc fala em ditadura do proletariado vc não cita a concepção sociologica sobre o termo e/ou conceito ditadura. Sendo assim, preciso dizer. Ditadura é simplesmente um momento de transição.

.............................................
a a - 10/02/2010
.

Vinicius



"Sairiamos da atual ditadura da burguesia, pois nossa cidadania resumi-se ao nosso poder de consumo (perca o seu e ai eu qro ver), tornando assim o ESTADO CAPITALISTA de DIREITO DEMOCRATICO em Mais um TIRANO DESUMANO, para então passarmos para a ditadura do Estado Socialista, analoga a do Estado Capitalista experienciada entre a decada de 60 a 80 do século xx, DP, evidentemente, Ditadura do proletáriado.
Pois bem. Podemos encerrar Marx por enquanto."





Vc quer q sejamos diretos e objetivos ?
Legal !

Vc começa então....
rsrsrs

.
alessandro moreira - 10/02/2010
Vinicius
;

"Certamente caro Alessandro, argumentos são combatidos com argumentos. Mas pq negar q a leitura é imprencidivel para a participação em qualquer discussão?

...

PS: Saber oq os debatedores leram é fundamental para o debate."



A leitura não é imprescidível numa discussão.

Um analfabeto pode refutá-lo num debate ORAL, se souber usar os argumentos certos.


E saber o que os outros leram também é insignificante, pois o que importa é o CONTEÚDO da postagem, e não um possível conhecimento prévio sobre o assunto.


O mais importante num debate NÃO é indagar e indicar leituras ao oponente (até mesmo pq qualquer um pode mentir e inventar), mas sim a capacidade de argumentar, dar exemplos reais, fazer comparações factuais e APRESENTAR PROVAS.




E você não fez nada disso.
Por isso ninguém pode te 'responder' nada.
E por isso tomou uma advertência do moderador, pois infrigiu as regras.
Vinicius Gomes de Oliveira - 10/02/2010
Concordo alessandro...
Qualquer um pode mentir e inventar... Ou apenas reproduzir cegamente.
 
Algumas respostas nesta página foram excluídas ou estão sob revisão.
 a a - 18/09/2009
.

Por que os humanos que tentaram implantar o socialismo científico de Marx na Hungria, na Tchecoslovachia, na Ucrânia, em Cuba, na Iugoslávia, na Letônia, na Rússia, no Camboja, no Vietnam, na China, em Angola, na Etiópia, na Alemanha Oriental, na Romênia, no Kasaquistão, na Polônia, e em muitos outros países - falharam ?

Dois bilhões de humanos, cerca de 31% da população mundial, no século XX foram marxistas, socialistas, comunistas, em dezenas de países !

Todos estes milhões de humanos, que tinham o “Manifesto Comunista” e o livro "O Capital" de Marx como livro de cabeceira e aplicaram na prática o que Marx escreveu neles – falharam na sua intenção de chegar ao comunismo que Marx disse que chegariam !

E foram tantos líderes, desde Lenin na Rússia até o MPLA de Nilo Alves em Angola, passando por Che Guevara em Cuba e Ho Chi Min no Vietnam.

A pergunta óbvia que se pode fazer è - todos esses homens eram imbecis ?
Seres idiotas que não entenderam o que Marx escreveu ?

Será que só os marxistas atuais (marxistas brasileiros em especial) é que entendem Marx a fundo e os marxistas do passado eram imbecis sem capacidade de entendimento do texto marxista ?
E tais marxistas atuais, do alto do seu arrogante "conhecimento marxista", tem gabarito para dizer que os líderes marxistas do século XX não entenderam Marx e fizeram errado o que Marx escreveu ?

O bom senso e a lógica me fazem concluir que os marxistas atuais não tem esse gabarito.
São humanos como os marxistas do passado eram, leram Marx da mesma forma que os antigos leram, entenderam Marx da mesma forma que os antigos entenderam, e tem dentro da cabeça o mesmo ódio, a mesma arrogância, a mesma ideologia cega que os marxistas do passado tinham !

Devido a isso, contestamos essa opinião dos marxistas atuais e vamos provar que são mentiras para enganar inocentes em nome da ideologia cega marxista.
.
Arnaldo Arnolde - 19/09/2009
.


Sim, a história nos conta outra história...

E tb não foi "democracia" o que Marx propôs !

É interessante essa enorme distorção que os marxistas atuais fazem do marxismo !
Marx não propôs democracia, Marx propôs a "ditadura do proletariado"...

E nela, não existira salário e propriedade privada, tudo estaria nas mãos do estado, e o estado seria orientado pelos "intelectuais comunistas", segundo Marx, os únicos que tem noção exata dos acontecimentos !

.
Guilherme Cantarino - 19/09/2009
.
Discordância.
Não confundam, porém, o que tenho a dizer. Não me digo marxista, nem li Das Kapital ou o Manifesto Comunista ou qualquer obra de Marx ou, sequer, terminei o ensino medio. Nem ao certo sei como vim parar aqui, no forum dessa comunidade.
Ao que me consta não houve, nunca, uma revolução marxista, tendo que, em teoria, a propia ocorre da conscientização do proletariado durante um estagio avançado do capitalismo, num pais de economia totalmente industrial. O que não me parecer ser o caso de nenhum pais citado, principalmente URSS, China ou Cuba, paises, que na epoca, eram essêncialmente rurais. Teoricamente, ocorreria na inglaterra do seculo 19. E, segundo Marx, isso ocorreria de forma espontanêa e incontrolavel.

Então, lhes trago a pergunta: Marx um dia foi posto em pratica?
É dificil negar um sistema sem testa-lo.
a a - 19/09/2009
.

Gcantarino



Vc disse:


"Não me digo marxista, nem li Das Kapital ou o Manifesto Comunista ou qualquer obra de Marx ou, sequer, terminei o ensino medio. Nem ao certo sei como vim parar aqui, no forum dessa comunidade"




Certo Gcantarino...
Em resumo, vc está dizendo que não sabe nada de Marx !
Mas sabe o nome em alemão do principal livro dele !
rsrs


E em seguida vc disse o seguinte:


"em teoria, a propria ocorre da conscientização do proletariado durante um estagio avançado do capitalismo, num pais de economia totalmente industrial."



Curioso isso !
Como vc sabe disso se vc não leu nada de Marx ?

Para eu responder a vc sobre as suas "dúvidas", antes eu gostaria de saber essa resposta...

.
VON BRAUN - 1969 S8 - 19/09/2009
ACONTECE KE O COMUNISMO NÃO É UMA CIENCIA; ELE NÃO TENTA ESTUDAR O MUNDO CIENTIFICAMENTE COMO ELE É, MAS SIM MANIPULAM OS DADOS PRA KE O MUNDO SE PAREÇA COM O KE ELES IDEALIZAM PARCIALMENTE; E NÃO IDEALIZAM POR KE SÃO BONZINHOS, MAS APENAS POR KE KEREM ALGUM TIPO DE INTERESSE AUTO-PROMOCIONAL KE NÃO TIVERAM CAPACIDADE DE OBTER NO 3° PRIVADO E ENTÃO JÁ APELAM AO REGIME ESTATAL IMPOSTO..!!
Igor Hanna - 19/09/2009
VON BRAUN - 1969

Concordo
São seres incapazes de produzir qualquer tipo de riqueza, não contribuindo em nada para o bem estar da sua comunidade.

A militância é massa de manobra.
A verdadeira nata da sociedade e do partido é formada sempre por militares e não por esse pessoal ineficaz das ciencias humanas.
Bruno . - 19/09/2009
ninguém respondeu o cara '-'
a a - 19/09/2009
.

Bruno



"ninguém respondeu o cara '-'"




Bruno, responder a essa "pergunta", é uma das razões da existência desta comunidade.
A "pergunta" já foi respondida, existe um tópico na comunidade exclusivamente para responder a essa pergunta rotineira.

Esta é a mentira que "professores" marxistas contam em sala de aula, principalmente nas matérias História, Sociologia, Filosofia, a alunos inexperientes e com pouco senso crítico como o Gcantarino, que acreditam na mentira sem questionar.

Obs. O Gcantarino entrou na comunidade, fez o poste, e saiu da comunidade, isso é bem típico de marxistas e já aconteceu diversas vezes aqui na comunidade.

No meu caso estou esperando q ele responda a minha pergunta...

.
  a a - 19/09/2009
.

Na minha opinião, a frase fundamental que define o que são socialistas, marxistas, comunistas, etc, foi a frase final de Marx nas "Teses contra Feuerbach" onde Marx diz que "Os filósofos até agora só se preocuparam em explicar o mundo, mas, o que importa eé transformá-lo."...

Ou seja, são seres humanos iguais a Marx, que passou a vida correndo de cobradores e pedindo dinheiro para seu anigo Engels, nunca trabalhou, foi um vagabundo que nada produziu, que não tive competência nem para cuidar da própria família ... mas que - queria mudar o mundo !

Serzinho imprestável arrogante.
Humanuzinho estúpido e incompetente, que não teve competência nem para mudar a si próprio, mas queria mudar o mundo, o que implicaria em mudar as outras pessoas...

E existem muitos desses humanuzinhos estúpidos, que não conseguem mudar a própria vida para melhor, e passam a querer "mudar o mundo" para com isso terem um alento para as pobres vidas q possuem.

.
a a - 19/09/2009
.
.
Os tópicos da comunidade que respondem a pergunta rotineira do Gcantarino são:
.
.
"O socialismo não existiu" ou "deturparam Marx"http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=47930640&tid=5337568743578389246

.
Che Guevara mentiu ?http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=47930640&tid=5336449316187281534

.
Marx autorizou os crimes que o marxismo cometeu ?http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=47930640&tid=5334993781835443961

.
.
[DE BOA] MIRANDA "Consigliere" - 29/09/2009
Olhaí pensei que eu fosse o único* a não concordar com esse cara(Marx)!!

ele disse que : "A religião é ópio do povo" eu digo Marxismo é o ópio dos pseudointelectuais!!

O mais intrigante é que onde o socialismo foi "testado" resultou em regime ditatorial!
Mas numa dessas aulas ae escutei que o socialismo teria seu auge no comunismo quando toda sociedade onde essa ideia fosse aplicada estaria em estado comum e igualitario !
não consigo pensar numa sociedade igualitaria e comum num regime ditatorial!!
Sociedade igualitaria, haha, sonhos são possiveis, mas são apenas em nossas cabeças
e olha que sou um dos cara mais otimistas que exite!!
Culpam a igreja de controle ideológico(o que realmente há), mas se esquecem que é isso que querem !!

*(curso História numa estadual)
Danny Bernasoli - 29/09/2009
Não é mesmo curioso?
"Mas numa dessas aulas ae escutei que o socialismo teria seu auge no comunismo quando toda sociedade onde essa ideia fosse aplicada estaria em estado comum e igualitario !"

Isso que é a maior palhaçada marxista, o tal marx ele criou em teoria como seria a transição do estado "captalista" ao estado socialista, com a centralização do poder etc,etc, e deu tudo certinho, o poder foi todo centralizado e os lideres se tornaram ditadores e sem freio, por isso a montanha de cadaveres...

E quanto ao comunismo? Ele(marx) dizia que o "top" de tudo seria o comunismo, onde o estado desapareceria e seria implantado o paraiso na terra, onde todo mundo é igual, rico, etc, etc..., mas uma pergunta, onde foi que marx "teorizou" a transição do socialismo ao comunismo, como seria a sociedade comunista, seu dia a dia....?

Ninguem sabe, ninguem viu..., é como a Historia do "burro e da cenoura" é a mesmissima coisa.
N. Claúdio - 29/09/2009
estudante de história q discorda de Marx é um caso raro.
[DE BOA] MIRANDA "Consigliere" - 01/10/2009
O pessoal espalha aos quatro ventos que quem disse: "o que é solido dissolve no ar" foi Marx e todos concordam e na verdade foi shakespeare num dessas peças dele e niguem corrige os outro por isso!!
mas agradeço pelo menos na proxima não irei cometer o erro!!
è raro mas este estudante existe ! e não estou no curso só para fazer um curso universitario, gosto do curso e pretendo trabalhar como pesquisador e como professor!!
a a - 20/11/2009
.

Nesta notícia temos o mais perfeito exemplo das reações de um marxista ressentido e despeitado, em sua "superioridade" intelectual irracional.
Não apresenta sequer uma argumentação fundamentada, apenas vomita seu ranso ideológico.


.
20/11/2009 - 15h55
Amorim ironiza saída temporária de Micheletti da Presidência de Honduras

da Folha Online

O ministro de Relações Exteriores Celso Amorim ironizou nesta sexta-feira o anúncio do presidente interino de Honduras, Roberto Micheletti, de que vai deixar por uma semana o cargo. "Ele nunca deveria ter estado" a frente do governo, afirmou Amorim.

"Do ponto de vista legal, ele nunca deveria ter estado no governo. Então, que diga agora que vai sair provisoriamente soa estranho para mim', disse Amorim, que marcou as palavras com um gesto de desdém das mãos e um sorriso de incredulidade.

Nesta quinta-feira, Micheletti, anunciou que vai se licenciar do cargo entre 25 novembro e 2 dezembro para permitir um período de "reflexão" aos hondurenhos para as eleições gerais no próximo dia 29.

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, classificou o gesto como uma manobra para "enganar bobos" e afirmou que ao anunciar sua saída temporária do poder Micheletti admite que é "uma mancha" para a democracia.

O Brasil afirmou que não reconhecerá o resultado das eleições, que estavam marcadas antes do golpe de 28 de junho que derrubou Zelaya, sem que o presidente deposto seja restituído ao poder. Esta posição é dividida ainda por Venezuela, além da OEA (Organização dos Estados Americanos).


cont...

.
a a - 20/11/2009
.


Zelaya está refugiado na embaixada do Brasil em Tegucigalpa desde o dia 21 de setembro passado, quando retornou em segredo a Honduras, após ser deposto e expulso do país, em junho, devido à tentativa de realizar um referendo para mudar a Constituição e aprovar a reeleição presidencial. A Suprema Corte considerou ilegal a tentativa de mudança constitucional e validou a destituição, mas um virtual consenso da comunidade internacional classificou de golpe a sucessão.

Depois de patrocinar, no mês passado, o acordo que foi rejeitado por Zelaya quando a formação de um novo governo aconteceu antes da decisão sobre a restituição, os Estados Unidos defendem a realização da eleição presidencial do próximo dia 29.

"As eleições hondurenhas são uma parte importante da solução para avançar rumo ao futuro", disse, em Tegucigalpa, Craig Kelly, número dois do Departamento de Estado americano para a América Latina, antes de voltar aos EUA, nesta quarta-feira. "Ninguém tem o direito de tirar do povo hondurenho o direito de votar e de escolher os seus líderes", disse a jornalistas, embora tenha se negado a responder a perguntas.

.
Eric Fernando - 21/11/2009
a briga é forte hein?
de um lado o genro e do outro amorim rs
 Caio Graco - 10/02/2010
"A União Soviética teve um futuro glorioso - tanto é que terminou falindo. Venezuela, Bolívia e Brasil têm um futuro promissor - vão terminar falindo"

Tirando essa parte, o resto foi mto bom.
Caio Graco - 10/02/2010
O Marxismo sim, é totalmente questionável. É uma ideologia política com muitas distorções a respeito da sociedade e da economia, bem como se contradiz em inúmeras ocasiões, que não seria nem mesmo relevante aqui ser apresentadas. É uma ideologia política com profundo desprezo pela liberdade, sendo que ironicamente só se desenvolveu num país democrático, a Inglaterra.
Rafael Freitas - 21/11/2010
me citem um teórico usado em história que não tenha enganos, e que seja totalmente correto e que não seja questionável?
a a - 21/11/2010
.
Rafael


me citem um teórico usado em história que não tenha enganos, e que seja totalmente correto e que não seja questionável?



Maomé para os muçulmanos.
Cristo para os cristãos.
Buda para os budistas.
Hitler para os nazistas.
Marx para os marxistas.

.
Rafael Freitas - 21/11/2010
vou reformular
qual teoria de história não possui as características que são vinculadas ao marxismo nesta comunidade pela maioria? Qual teoria de história, por exemplo, não é ideológica e não deforma a realidade??
Arnaldo Arnolde - 22/11/2010
.
Rafael


qual teoria de história não possui as características que são vinculadas ao marxismo nesta comunidade pela maioria?



Em síntese, as características que atribuímos ao marxismo nesta comunidade é que o marxismo é uma trapaça, o marxismo é baseado em mentiras, em falsificação, em plagio, em ódio, em violência e em vingança.
E esta foi a causa dos milhões de assassinatos que marxistas cometeram no século passado nas 50 nações onde assumiram o poder.

Não consideramos o marxismo como sendo "teoria da história", o marxismo é uma trapaça, e na comunidade existem tópicos onde provamos isso.

Não me importa se outras teorias da história cometem erros, elas param nos erros, o marxismo não.
O marxismo, mesmo com o colossal amontoado de fracassos, não desiste, o marxismo continua querendo assumir o poder político, é isto que o marxismo quer com a sua "teoria da história".
E como o marxismo é uma ideologia assassina e vingativa, todos os humanos que prezam a liberdade devem lutar contra essa loucura.

.
Arnaldo Arnolde - 22/11/2010
.
Rafael


Qual teoria de história, por exemplo, não é ideológica e não deforma a realidade??



Você com essa colocação está dizendo: Se todas as "teorias da história" tem ideologia por que o marxismo não pode ter ?
Vc está dizendo com a sua colocação: Se todas mentem por que o marxismo não pode mentir ?

Porém, o que vc está omitindo, ou nem percebeu, é que a principal intenção do marxismo não é a história, a principal intenção do marxismo é a tomada do poder político.

Qdo Marx e Engels editaram a Gazeta Renana em 1848 em plena guerra civil na Alemanha, não era para falar de história, era para incentivar a revolução e a tomada do poder pelos comunistas.
A principal atividade de Marx por toda a vida foi ser revolucionário comunista, e não historiador como alguns tolos pensam.

Os professores marxistas mentem para inocentar Marx, para que o marxismo continue sendo justificável, a culpa não foi de Marx, eles mentem, foi de Stalin, Mao, etc.
Com isso o marxismo espera tomar novamente o poder no mundo.
E com certeza vai prender e matar milhões novamente, pq o maior desejo de Marx sempre foi a vingança. E a de seus fanáticos seguidores tb.

É contra essa loucura, que nada tem de "teoria da história", que esta comunidade se coloca.
Por isso nesta comunidade refutamos todas as mentiras do marxismo, para que todos saibam a miserável condição dessa ideologia cega.


.
Rafael Freitas - 22/11/2010
concordo com tudo o que foi dito, mas...
para determinados temas de pesquisa o marxismo é muito útil, quero dizer que para temas como ideologia... para analisar a própria ideolgia marxista o método de análise marxista é bastante útil, a partir dos dizeres do próprio mar se pode dizer que tudo o que foi escrito por ele é utópico em si!
Arnaldo Arnolde - 22/11/2010
.

Rafael


"concordo com tudo o que foi dito, mas...
para determinados temas de pesquisa o marxismo é muito útil, quero dizer que para temas como ideologia... para analisar a própria ideolgia marxista o método de análise marxista é bastante útil, a partir dos dizeres do próprio mar se pode dizer que tudo o que foi escrito por ele é utópico em si!"



Duas observações importantes:

- Marx jamais criou um método de análise de seja lá o que for, Marx apenas criou um tipo de socialismo, o "socialismo científico", cujos princípios básicos estão expostos no Manifesto Comunista escrito por ele, e cuja intenção era a tomada do poder político através da revolução do proletariado.
- Marx jamais foi utópico! Utópicas são as inocentes mentes que acreditam nas mentiras que ele escreveu para dominar incautos e pensam que vão "transformar o mundo" com elas! Marx sabia exatamente o que queria - poder e vingança.



Outras coisas...
O marxismo não é útil para nada bom, como uma coisa que tem sua ideia principal baseada em ódio, violência e vingança pode ter algo de útil ?
Não pode.

A trapaça na oratória marxista fica evidente em muitos pontos, um deles por exemplo é a premissa de que o capitalismo tem uma contradição interna que o levará a gerar, em um capitalismo avançado, uma massa de miseráveis e uma minoria culta e rica (Ideologia Alemã), e que essa contradição levará a revolução do proletariado.

Mas, por que razão depois de teorizar isso, Marx foi para a Alemanha em 1848 junto com Engels para lutar (apenas Engels lutou, Marx ficou na redação da GR) na revolta comunista que havia sido incentivada por eles ?
Se nas próprias palavras dele a Alemanha ainda possuía uma estrutura feudal (não era um capitalismo avançado) como poderia acontecer na Alemanha a revolução do proletariado prevista apenas para acontecer em um capitalismo avançado ?

cont...

.
 Arnaldo Arnolde - 22/11/2010
.

Rafael

Por que Marx jogou no lixo o que havia escrito sobre a "contradição do capitalismo" e foi querer fazer a revolução em uma Alemanha ainda feudal ?
É simples a resposta.
Foi porque não iria esperar que sua mentira acontecesse para tomar o poder na Alemanha.
Queria o poder aqui e agora.
E com o poder nas mãos queria muita vingança, como ele próprio escreveu na "Mensagem a Liga dos Comunistas".
Em virtude deste fato, a teoria marxista da "contradição do capitalismo" é uma trapaça na qual apenas tolos acreditam, apenas aqueles que ignoram a história da Europa no século XIX acreditam as mentiras marxista.

Marx tb disse que "a história é luta de classes"...
Seus seguidores transformaram essa frase de efeito em "teoria da história"
Uma trapaça na qual apenas inocentes acreditam.
Uma trapaça que jamais explicará os principais acontecimentos da história.
Como a "luta de classes" marxista pode explicar as Guerras Púnicas entre Roma e Cartago ?
Episódio da história decisivo para a civilização ocidental.
Jamais o "materialismo histórico" conseguira explicar esse episódio sem criar mentiras.

O marxismo não tem absolutamente nada de ciência, alias, é anti-científico, pois não é testável.
A única intenção do marxismo é a tomada do poder político.
Quem não percebe esse fato é apenas mais um inocente útil ao marxismo.

O corrupto marxismo cultural transformou Marx en historiador, sociólogo, humanista, economista, etc, mas Marx apenas foi um revolucionário comunista, que por toda vida esteve na militância revolucionária, e todos os livros que escreveu não tinham a intenção de fazer ciência, tinham a intenção de provar que as suas idéias revolucionárias estavam certas.
E em tais livros, devido a sua teoria não bater com a realidade, Marx foi obrigado a falsificar dados e a mentir, coisas que ele fazia com maestria, essa foi a grande "virtude" de Marx, saber enredar seus leitores de tal forma que eles irão acreditar em qq mentira que ele lhes diga!

.
Edilson Volkweis - 22/11/2010
Arnaldo
"Se nas próprias palavras dele a Alemanha ainda possuía uma estrutura feudal (não era um capitalismo avançado) como poderia acontecer na Alemanha a revolução do proletariado prevista apenas para acontecer em um capitalismo avançado?"

Por essas palavras fica claro que o único objetivo da "teoria" marxista era a tomado do poder.
Se as contradições inerentes ao sistema capitalista levariam naturalmente ao socialismo então pode-se dizer que para Marx o socialismo seria um estagio superior do desenvolvimento das forças produtivas. Portanto Marx supunha que o socialismo seria um modo de produção de mercadorias superior ao liberalismo (capitalismo)
Mas se o socialismo é um modo de produção superior por que isso não seria verdadeiro para uma nação feudal?
Se um modo de produção é melhor que o outro ele deve ser melhor em qualquer circunstância, portanto não faz nenhum sentido a alegação dos marxistas atuais de que o socialismo fracassou por que é preciso um capitalismo avançado para ele dar certo.
Arnaldo Arnolde - 22/11/2010
.

Edilson



Por essas palavras fica claro que o único objetivo da "teoria" marxista era a tomado do poder.



Sem dúvida nenhuma!
Existem outras ocorrências.
Na entrevista que Marx deu ao jornal norte-americano Tribune em 1875, ele se empolgou, e fez uma análise da situação em todas as nações da Europa, inclusive na Russia, onde Marx afirma que a revolução seria sangrenta.
Nessa entrevista Marx abdica publicamente de tudo que escreveu e coloca a posição dos comunistas como a de qq outro revolucionário que quer o poder através da luta armada, esquecendo por completo a tal "contradição do capitalismo".

.
Arnaldo Arnolde - 22/11/2010
.

Edilson


[1]Se as contradições inerentes ao sistema capitalista levariam naturalmente ao socialismo então pode-se dizer que para Marx o socialismo seria um estagio superior do desenvolvimento das forças produtivas. Portanto Marx supunha que o socialismo seria um modo de produção de mercadorias superior ao liberalismo (capitalismo)
[2]Mas se o socialismo é um modo de produção superior por que isso não seria verdadeiro para uma nação feudal?
Se um modo de produção é melhor que o outro ele deve ser melhor em qualquer circunstância,
[3]portanto não faz nenhum sentido a alegação dos marxistas atuais de que o socialismo fracassou por que é preciso um capitalismo avançado para ele dar certo.


.

[1]O liberalismo (capitalismo para marxistas) não tem nenhuma contradição, isso foi apenas uma mentira que Marx inventou para criar sua "teoria".
O liberalismo é baseado na liberdade e na ação humana, em virtude disso o sistema está sujeito a todas as crises que frequentemente atormentam a cabeça dos humanos.
O liberalismo é apenas um sistema econômico feito por humanos e para humanos, e tem os altos e baixos que todo ser humano tem ao longo da vida.

[2]O socialismo, ou mais precisamente a "ditadura do proletariado", é, supostamente, um sistema subsequente (e não superior) ao capitalismo.
Ele não poderia acontecer em um sistema feudal pq no sistema feudal quem trabalha é o plebeu servil, e não o proletário.
O trabalho feudal não é por salário, então não existia a mais-valia, que só aparece com o trabalho assalariado.
Então, a questão não é de melhor produção... a questão é a da "contradição", com assalariados e com a mais-valia, segundo Marx, o capitalismo geraria, em um capitalismo desenvolvido, uma massa de miseráveis, e estes fariam a revolução do proletariado.
Em um sistema feudal isso não aconteceria, pois não existiriam proletários.

cont...

.
Arnaldo Arnolde - 22/11/2010
.

Edilson


[3]O próprio Marx refuta os marxistas atuais.
Marx afirma na entrevista ao Tribune que já existiam - em 1875 - condições para que a revolução acontecesse em vários países da Europa! Inclusive na Russia.

Quando o socialismo foi implantado em 1946 na Alemanha Oriental (RDA), Polônia, Hungria, Servia, Iuguslavia, tais nações já tinham um capitalismo avançado, e mesmo assim não deu certo.. faliram igual aos demais.

O problema dos marxistas atuais é que eles tem uma teoria furada nas mãos, o capitalismo - não gera - o que Marx disse que geraruia.
Se o que Marx disse fosse verdade, hj em dia, 150 anos depois, na Inglaterra deveriam existir milhões de proletários miseráveis e uma minoria culta e rica!
Só que isso não existe! O capitalismo gerou na Inglaterra um povo culto e com excelente qualidade de vida e igualdade.
Então, um capitalismo avançado - não gera - a massa de miseráveis, portanto, jamais existirá a revolução do proletariado!
O que Marx disse que aconteceria não aconteceu, pois era apenas uma invenção mentirosa para enganar tolos seguidores.

É por isso que o marxismo hj em dia mudou, hj eles são adeptos do marxismo parasita, eles tomam o poder (através de eleições) em uma nação desenvolvida usando o politicamente correto, e ficam sugando a nação, sugam o trabalho dos produtivos... só que isso não tem vida longa, e em alguns anos acontece o que aconteceu na Grecia, a nação vai a falência, pois a quantidade de vagabundos vivendo as custas de quem trabalha supera em muito estes últimos, que não conseguem mais sustetar a cambada toda de vagabundos.

.
kleber Do Nascimento - 28/07/2011
Revolução do proletariado foi uma grande mentira inventada por Marx para insuflar a revolta dos pobres sobre os ricos e dos vagabundos contra os trabalhadores. A luta não era da classe operária contra a burguesia coisa nenhuma, a luta era da classe intelectual emergente ( a qual Marx pertencia ) contra todo o resto. Era uma forma ressentida de atacar as pessoas que tinham vontade de trabalhar, disposição e competência para os negócios. Coisa que os intelectuais não tinham, pois a única coisa que sabiam fazer era ficar dentro das bibliotecas estudando e buscando uma forma de mudar o mundo.
Rafael Freitas - 28/07/2011
voltando a questão com o Arnaldo

Minha visão: a história interpretada independente de teoria, incluindo a marxista, é deformadora da realidade!

Claro que Marx era político e apenas isso!
Rafael Freitas - 28/07/2011
No entanto, prever o futuro, Marx não conseguiu, nem tu Arnaldo conseguirá! Eu nem tentarei!
Arnaldo Arnolde - 28/07/2011
.

kleber


"Revolução do proletariado foi uma grande mentira inventada por Marx para insuflar a revolta dos pobres sobre os ricos e dos vagabundos contra os trabalhadores."


Concordo.
Porém, a mentira maior é a invenção da "luta de classes".
Em qq época, e mais ainda na Idade Contemporânea, existe uma constante troca de posições entre os indivíduos humanos na sociedade.
Um pobre de hj pode estar bem de vida amanha e vice-versa.
Um operário competente em alguns anos junta capital e abre negócio próprio, no Estado de São Paulo existem milhares de nordestinos que vieram para cá pobres e depois de algum tempo se tornaram donos de seus próprios negócios, viraram empresários "capitalistas".
Em contraste existem muitos que eram empresários e hj não são mais.
Quem já trabalhou em uma grande fábrica sabe que dentro dela muitos dos operários são INIMIGOS e competem entre si para ficar bem com o chefe ou por promoções.
A maioria das grandes multinacionais atuais foram iniciadas por trabalhadores e não por capitalistas burgueses...
Tanto a revolução do proletariado como a luta de classes são grandes mentiras, mas, são mentiras apetitosas para "intelectuais" e jovens "revolucionários" que querem mudar o mundo.

.
 Arnaldo Arnolde - 28/07/2011
.

kleber

Karl Marx não era um intelectual igual aos demais.... esta é a diferença.
Karl Marx tinha um enorme ego, ele se comparava a deus, queria o poder com muita força, mas, era despótico, por isso não tinha liderança, Marx despertava em alguns tipos de pessoas um misto de medo e admiração por causa da oratória, mas, não despertava liderança, mesmo pq ele nunca punha a mão na massa, ficava sempre no alto do seu pedestal intelectual.

As humilhações com credores que sofreu qdo foi estudar em Bonn criaram em Marx seu enorme ódio contra a sociedade, e sua vida dai para frente tinha um só objetivo, criar mecanismos para destruir a sociedade que o humilhou e repudiar o deus que o abandonou.
E para atingir isso valia tudo, a mentira foi uma das suas principais armas.

.
Arnaldo Arnolde - 28/07/2011
.

Rafael


"Minha visão: a história interpretada independente de teoria, incluindo a marxista, é deformadora da realidade!"


Com toda certeza!
História não é para ser "interpretada".
História é o fato acontecido e que não necessita de interpretação nenhuma.

Exemplos:
1. As Guerras Púnicas com a vitória final de Roma sobre Cartago é o que importa, é o fato, o resto são conjunturas.
2. D. Pedro I proclamou a independência do Brasil e a partir dai o Brasil não foi mais colônia, este é o fato histórico importante.
Se D Pedro estava indo ver a marquesa de Santos ou outra amante qq, isso não tem a menor importância para a história.
3. Napoleão perdeu a batalha de Waterloo, e isso pôs fim na sua carreira, este é o fato histórico, tudo o mais não tem importância, são conjunturas.


"Claro que Marx era político e apenas isso!"


Marx não era exatamente um político...
Político foram Churchil, Kennedy, Reagan, etc.
Hitler foi um político?
Na minha opinião não.
Marx foi, na minha opinião, o que eu escrevi para o Kleber nos posts anteriores.

.

'No entanto, prever o futuro, Marx não conseguiu, nem tu Arnaldo conseguirá! Eu nem tentarei!"


Eu disse que vou prever o futuro? rsrs

.
Rafael Freitas - 30/07/2011
disse isso:
Então, um capitalismo avançado - não gera - a massa de miseráveis, portanto, jamais existirá a revolução do proletariado!
Arnaldo Arnolde - 31/07/2011
.

Rafael


'disse isso:
Então, um capitalismo avançado - não gera - a massa de miseráveis, portanto, jamais existirá a revolução do proletariado!"


Isso não é prever o futuro, isso é conclusão lógica.
Se o capitalismo avançado não gera uma massa de miseráveis DA FORMA QUE MARX DISSE QUE GERARIA, então, jamais acontecerá a revolução do proletariado da forma que Marx disse que ela aconteceria.
Lógica pura.

.

O modo de produção liberal tem como fundamento o crescimento econômico... este fato jamais passou pela cabeça de Marx, que desconhecia por completo como funciona uma sociedade liberal.

Desta forma, o modo de produção liberal dá trabalho ao trabalhador cada vez mais melhor remunerado, produz mercadorias para os próprios trabalhadores usarem, e cada vez mais constrói bens sociais devido aos impostos.
Então, precisava ser muito estúpido (Marx) para supor que tal sistema iria gerar miseráveis!

Como a produção cada vez maior de bens de consumo para uso da população poderia levar a sociedade a miséria?

.
Arnaldo Arnolde - 31/07/2011
.

Vou demonstrar uma coisa muito simples - como funciona o capitalismo.

Marx disse que a base do capitalismo é a exploração do trabalhador.
Isso não seria novidade, uma vez que desde e sempre a milhares de anos o trabalhador sempre foi explorado!
Os escravos eram trabalhadores explorados, evidentemente.


O sistema que surgiu na Inglaterra em 1776, o Liberalismo, que Marx em sua ignorância ideológica chamou de capitalismo, foi o primeiro na história humana a não mais ter sua base na exploração do trabalhador!
No Liberalismo o trabalhador passou ao longo do tempo a ganhar salários cada vez melhores, com sobras, que davam até para poupar.

A base do capitalismo não é a exploração como a estupidez marxista disse, a base do capitalismo é o INVESTIMENTO.
E o investimento leva ao CRESCIMENTO ECONÔMICO.
O crescimento econômico produz mais empregos.
E o crescimento econômico propicia ao trabalhador uma vida cada vez melhor, uma vez que o salário aumenta devido a necessidade cada vez maior de mão de obra especializada.

Esta é a síntese de como funciona o capitalismo, mas isso é uma coisa que marxista algum, dominado pela estupidez do "mestre", jamais vai compreender.

.
a a - 17/11/2011
.

liZ

Para Karl Marx os operários, ou proletários que como bom criador de símbolos ele designou, sempre foram considerados ALIENADOS por Karl Marx.
Tanto é assim q Marx disse no Manifesto que quem deveria conduzir o processo revolucionário eram os "intelectuais" comunistas, q segundo ele eram os únicos que tinham uma noção correta do processo revolucionário.

Mas, alienados era pouco, então Marx e Engels, dois capitalistas burgueses que viveram por toda a vida de rendas de aplicações financeiras, inventaram mais esse termo "lumpemproletariado" para mostrar todo o desprezo que tinham por eles.
Karl Marx só respeitava uma classe, os aristocratas.

Nesta comunidade criamos a pergunta - Marx é inquestionável?!, que na verdade é uma ironia... contra a estupidez de marxistas atuais que nem diante da verdade histórica e fatual deixam de defender o "mestre" o transformando em um ser inquestionável...

No seu "Mensagem da Diretoria a Liga dos Comunistas" Marx ordenou aos comunistas o seguinte:

Durante o conflito e imediatamente após o combate, os operários, antes de tudo e tanto quanto possível, têm de agir contra a pacificação burguesa e obrigar os democratas a executar as suas atuais frases terroristas.
...
Longe de opor-se aos chamados excessos, aos exemplos de vingança popular sobre indivíduos odiados ou edifícios públicos aos quais só se ligam recordações odiosas, não só há que tolerar estes exemplos mas tomar em mão a sua própria direção
.


Porém, existem marxistas atuais estúpidos, que mesmo diante destas palavras de Marx, alegam que os crimes cometidos por comunistas não tiveram nada a ver com Marx!
O que se pode classificar como doença mental, loucura.


Então, nesta comunidade não existe nada sobre os lumpemproletariado ser ou não inquestionáveis.

.
Arnaldo Arnolde - 20/11/2011
.
.
Agora tem um tópico na comunidade sobre
.
Lumpemproletariado.

.

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=47930640&tid=5677129832850581005&na=4
.
.
 
primeira < anterior 6 de 6 próxima > última
ver todos os tópicos 
 
Você tem sugestões ou comentários? Escreva aqui.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário