segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Tópico para divulgação, sugestões, críticas, etc

Tópico para divulgação, sugestões, críticas, etc.  -  PÁGINA 1

SPOCK moderador -
.

Wilson.Brigada

...Momento de vivenciar sua cidadania... SP
.
O Acorde e Progresso está realizando seu primeiro evento para o público! É a consolidação de sua vocação de movimento de aproximação da política dos cidadãos para combater a alienação e a apatia que ainda acomete os brasileiros. Chegou a hora de levantar da cadeira e fazer ouvir a nossa voz!

É o 1° Festival Acorde - evento que vai reunir shows de música, exposições de arte e uma série de atividades culturais. 06/03/2010 - início às 14h e programado para acabar às 20h, o evento é gratuito e acontece na Praça Aprendiz das Letras (Rua Belmiro Braga, s/nº), espaço na Vila Madalena São Paulo SP famoso pela atuação do Projeto Aprendiz.

Em 2010, serão realizadas cinco edições do Festival Acorde, cada uma em um lugar diferente de São Paulo, com artistas e convidados que abordem questões políticas. Os destaques dessa primeira edição são a banda Família Gangsters, que faz o show de encerramento e o grafiteiro Mundano, que pinta um painel ao vivo no evento.

Junto com o Festival Acorde está sendo lançado o blog que servirá como plataforma de divulgação para as atividades semanais da ONG, que vão desde cursos até cine-debates. As atividades terão início na semana seguinte do festival.


a a -
.
lucas


"No geral não tenho nada contra classificar Marx destas formas, só espero que as pessoas no geral tambem cheguem a mesma conclusão diante de tantos fatos, talvez nem todo mundo ficou burro depois de tanta doutrinação."



Nós temos dezenas de tópicos temáticos na comunidade, são milhares de frases sendo usadas em argumentação inteligente e fundamentada em exemplos e fatos.

Eventualmente, em algum momento existe referência a Marx de forma mais pesada, sempre comprovada, mas, de forma alguma isto é a tônica nos textos.
A tônica nos textos é apresentar evidências dos equívocos e mentiras inventadas por Marx e pelos marxistas do marxismo cultural.

Acreditamos que as pessoas normais e que estejam interessadas em se inteirar do assunto não terão nenhuma dificuldade para entender esta argumentação objetiva.



"Parece que os senhores preferem confrontar os marxistas na cara dura sem mais nem menos haha"



Como já foi dito, existem dezenas de tópicos temáticos, os fizemos para enfrentar os marxistas no campo teórico, mas, dificilmente aparece por aqui um marxista com gabarito para debater e argumentar com respeito aos textos, só aperecem marxistas se apegando a pequenos detalhes e em geral, já logo de cara, xingando a todos.
Porém, eu jamais entro nessa baixaria, isso é tarefa para a moderação, que tb não entra em polêmica, apenas avisa o marxista de seu comportamento antisocial, e se o marxista for daqueles que nada o demove de sua raiva, o põe para fora da comunidade.

A moderação não permite bate boca ofensivo na comunidade.
"Só espero que nenhum professor prejudique ninguém aqui se criticarmos o "ídolo" e o partido político dele que insiste em trazer para a aula."



Eu tb não espero, tomo sempre o cuidado de avisar aos estudantes que se falarem verdades ao seu professor marxista eles correm o risco de ter graves problemas.

ㅤ ㅤ -
.
.
Dilma - O Poste!
.
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=108916682



Arnaldo Arnolde -
.

kleber


Pensamento oposto teve a Inglaterra com suas colônias, e mais ainda as próprias colônias inglesas qdo livres tiveram na educação uma das principais metas, para isso muito ajudou a maciça imigração europeia.
Vemos isso nos antigos filmes de oeste americano onde em cada nova cidadizinha as primeiras coisas q faziam era a igreja e a escola.

Alem disso, nações como Inglaterra, Alemanha, Italia, Irlanda, sempre tiveram a tradição de na falta da escola educar os filhos regularmente em casa, e isso valia oficialmente, pois era algo sério e responsável, tal tradição não era comum em Portugal e por tabela nas colonias portuguesas.

Isso tudo é devido ao conceito de NAÇÃO.
Que existe nas ex-colônias britânicas e não existe no Brasil.

A elite japonesa quer educar todos os japoneses, pq ela se identifica com o povo, a elite brasileira nunca se identificou com o povo, por isso a escravidão no Brasil ficou até 1888 por exemplo.

Arnaldo Arnolde -
.

Outra coisa que Constantino disse:


"O Brasil é um país patrimonialista e clientelista, que nos últimos 20 anos experimentou uma social-democracia com governo inchado,"
.....
"Os tucanos e democratas não sabem fazer oposição contra um governo que, em linhas gerais, utiliza o mesmo ideário social-democrata, "



Classificar o governo que existiu nos últimos 20 anos no Brasil de "social-democracia" é de uma simplicidade conceitual terrível!
É desconhecer os alicerces sobre quais foram construídas as bases das sociais-democracias (escandinavas).

A Suécia é uma social-democracia ?
- É.
Mas antes de tudo na Suécia existe Estado de Direito e o Liberalismo político.
Na Suécia não existe a desordem jurídica, a corrupção, a irresponsabilidade, a incompetência e na Suécia não existe um presidente que governa através de Medidas Provisórias como no Brasil.
Na Suécia o governo não é corrupto ao ponto de pegar bilhões dos impostos para pagar o legislativo para aprovar suas MP.

E na Suécia não existem milhões de miseráveis, mantidos pelo governo com tal, para votarem nele pelas promessas da esmola de BF de 90 reais.
Na Suécia os impostos cobrados não são roubados, são devolvidos ao povo em obras sociais.

Então, confundir o governo tucano ou petista com "social-democracia" é de uma simplicidade dolorosa...
Eles não passam de um bando de corruptos roubando o estado de uma forma tão grande que nem nos tempos da Velha República o estado foi roubado!


Eu mudaria o slogan do Constantino para:

"Vamos dar uma chance para a verdade."

                                                    anterior      Próxima >






Nenhum comentário:

Postar um comentário